A Juventus ultrapassará a Gucci e pode se tornar a marca italiana mais popular nas redes sociais

Cristiano Ronaldo tornou-se peça primordial para este crescimento na Juve.

Odor CMS - uma imagem grande

 

De acordo com o site de pesquisa Espanhol Deportes Y Finanzas, a Juventus será a marca com mais seguidores na Instagram, ultrapassando mesmo a Gucci. Durante o mês de abril, o clube de Turim foi a segunda marca mundial com maior interação no Facebook - atrás apenas do Liverpool - e também a ultrapassou clubes históricos como o Real Madrid, os Los Angeles Lakers e os New York Yankees.

Números incríveis das redes sociais em preto e branco que estão em segundo lugar com 7,6 milhões de interações em um mês, em frente ao Real Madrid que tem muito mais pessoas a seguir a sua página no FB: 111 milhões contra os 41 milhões da Juve.

Um ranking que foi elaborado pela DyF: o futebol é o esporte que prevalece sobre todos os outros, o primeiro clube de outra modalidade são os Mumbai Indians (críquete, décimos), e a primeira franquia da NBA são os Los Angeles Lakers, décimo primeiro. A maior surpresa é a presença - em sexto lugar no total - do clube marroquino Raja Casablanca, com mais de 5 milhões de interações em apenas um mês.

Quanto ao Instagram, a discussão é ligeiramente diferente: historicamente, a Gucci sempre esteve em primeiro lugar, 79º no ranking das contas mais seguidas do mundo, com quase 40,4 milhões de seguidores. A Juventus está agora "apenas" em 85º lugar, em segundo entre os italianos, com quase 39,5 milhões, com uma diferença substancial: neste período pandémico - considerando também a paralização dos campeonatos - os Bianconeri ainda crescem cerca de 20 a 25 mil seguidores por dia, o triplo dos da Gucci. Considerando todos estes números, segundo estimativas a Juventus deve se tornar a marca italiana mais conhecida do mundo.

Ser capaz de explicar as razões de todo este sucesso midiático não é assim tão fácil: certamente um dos fatores que influenciou o crescimento numérico das redes sociais é que a Juventus foi uma das primeiras empresas italianas a investir - e muito - nas redes sociais, criando uma equipa de pessoas que acompanhou diretamente cada plataforma. Além disso, uma das estratégias foi a produção de conteúdo em muitas línguas, de modo a criar envolvimento não só com os fãs italianos e também pelo mundo.

A razão deste processo pode ser atribuída a uma única pessoa, em quem a Juve apostou há dois anos, já sabendo que teria sido um grande investimento não só para o lucro esportivo, mas também no que diz respeito ao conhecimento da marca e à credibilidade da marca: Cristiano Ronaldo. Em 2018 o português se tornou o homem mais seguido no mundo no Instagram e os números não param de crescer. Além disso, nas últimas temporadas ele foi também o garoto propaganda da " Nike's ''Living Room Cup'' e é natural que Juve seja o principal beneficiário desta máquina de dinheiro.