Pirlo merece paciência?

Com um início de temporada turbulento no cenário do futebol mundial por conta da covid-19, os questionamentos em cima de Andrea Pirlo são justos?

Exageradas!

 Imagem: Pirlo dando instruções antes do jogo contra o Spezia.

Nas redes sociais, Pirlo sofreu algumas criticas depois de alguns tropeços!

Andrea Pirlo teve poucos dias no sub-23 da Juventus, pois com a queda de Maurizio Sarri no final da temporada 19/20, a equipe Bianconeri decidiu horas depois efetivar o ex-meio de campo ao cargo de técnico do time principal. 

Com um começo de temporada de Andrea somando 7 jogos no Italiano sendo 4 empates e 3 vitórias e na Uefa champions League 3 jogos com 2 vitórias e 1 derrota! Vamos precisar olhar mais adentro para entender todo o contexto.

Em um comparativo Europa e Brasil, teremos uma diferença em destaque quando falamos de pré-temporada. Na terra da feijoada veremos um campeonato terminado em Dezembro e que terá seu regresso em meados de 12 a 20 de Janeiro que preparará seu elenco para estrear nas primeiras semanas de fevereiro. Isso tudo contando com chegadas, saídas, mudanças e além disso, situações climáticas adversas, físicas e todo um calendário se esmagando em torneios estaduais, nacionais; como os que disputam a primeira fase da copa do Brasil e Continentais em mata-mata; como a pré-libertadores e a Sulamericana. Então as coisas aqui são um pouco agitadas e turbulentas em um início de campeonato. Assistimos técnicos caindo, eliminações precoces e trabalhos sendo levantados e jogados ao chão em poucas semanas de planejado. Também tem o lado positivo, como resultados imediatos com pouco tempo. Certo ou errado( fica a interpretação individual ) é assim que funciona as coisas aqui no pais do futebol.

Contudo, no velho continente, a Europa, as coisas funcionam um pouquinho diferente.

Com o calendário terminado em maio deslumbrando da final da Uefa Champions League, os times imediatamente entram de férias e tudo volta ao normal por volta de 05 a 15 de Julho. Assim os clubes tentam por antecedência resolver, enquanto disputam um torneio de verão que são bem lucrativos financeiramente ou viajam para países paradisíacos para fazerem a pré-temporada, todo o imbróglio das transferência como; estabelecer quem permanece, quem deve ser emprestado ou vendido além de alçar voos no mercado para comprar algum jogador.

No final de julho ou início de agosto começam as disputas; uma supercopa nacional, um jogo de liga bem espaçado entre um final de semana e outro e através disso os clubes buscam estabelecer seus trabalhos, ou seja, procuram dar aquela fixada final na proposta de jogo enquanto planejam seu orçamento para dar as últimas buscas no mercado.

Então fixe bem essa ideia, os clubes Europeus por tradição costumam pensar única-exclusivamente no estilo de jogo estabelecido, principalmente se for um novo técnico que terá que estabelecer um novo estilo e não por resultados imediatos ou sequências de vitórias, como é aqui no Brasil.

Então se a pergunta era sobre Pirlo ser merecedor ou não de paciência, a resposta é simples, a Europa inteira em um início de temporada se resume na palavra paciência. Ele não só é merecedor, como terá toda a paciência do mundo até as coisas afunilarem com o passar dos meses. 

Depois desse comparativo, a coisa não para por aí! Pegue todos esses detalhes e coloque dentro de 2020 com todo o seu caos global pandêmico. Pois é. A coisa ficou ainda mais séria. 

Se na Europa existe toda essa calma em uma temporada normal, imagine agora, já que Pirlo teve todo seu plantel em mãos faltando apenas 28 dias para a estreia, parte do elenco se apresentou no dia 24 de agosto e estreou no dia 20 de setembro, e se não bastasse esse curto período, Andrea teve alguns jogadores cedidos para suas seleções pela disputa da Nations league que estreou no dia 3 de setembro. Então desses 28 dias, sete foram perdidos para alguns jogadores que tiveram de ficar de fora. O nosso badalado “No Pirlo no Party” teve que dar seus pulos e planejar uma ideia de jogo em 21 dias, em pleno caos pandêmico e com um calendário acelerado esmagando jogos em cima de jogos, além das entradas e saídas de jogadores.

Voltando a pergunta se ele merece ou não paciência, repito que esse tipo de questionamento não deve nem ser feito, mas insistindo, ele merece e MUITA! Até pelo feedback positivo por apresentar algo novo mesmo em tanta adversidade. 

 

Saudações Bianconeras. 

 

Siga no Instagram:@Conexão_JuventusBr